Páginas
TwitterRssFacebook
Categorias

Postado por em out 10, 2016 em -, PRA SUAR | 0 comentários

Minha experiência na corrida Vênus!Se desafie também!

Minha experiência na corrida Vênus!Se desafie também!

Oi amigos,

Hoje quero compartilhar a experiência maravilhosa desse final de semana: que foi correr na corrida Vênus, uma corrida voltada pro público feminino.

Sinceramente eu nem tinha planejado ir na corrida. Há uns 3 meses atrás recebi um e-mail do time da Tirolez me oferecendo um KIT. Moro muito perto do Aterro do Flamengo, aonde foi a corrida, então não tenho o hábito de me inscrever em corridas por lá, mas na hora que me ofereceram, eu animei. Nossa, ainda bem que aceitei porque foi simplesmente incrível!

Estas corridas de rua têm um potencial gigante de motivação. Fui sozinha e fui bem despretensiosa. Acho que isso ajudou pois estava tranquila e zero ansiosa. Não fiz preparação especial na semana, apenas meu treino de musculação diário e minha dieta padrão, mas isso pelo visto foi suficiente!

É incrível a energia quando a gente chega na corrida!A música alta, as pessoas sorrindo e alongando, todo mundo tirando fotos, a apresentadora no microfone animando todo mundo, enfim, incrível como só de chegar, mesmo antes de correr, o clima da corrida já anima! Não era muito cedo pois a largada dos 10K era 8h da matina (pra alguém que acorda às 05:20h como eu acordar às 07h é luxo!kkkk!) então acordei de boa, comi duas bananinhas com canela, uma boa xícara de café pra aquecer e lá fui eu!

Cheguei em cima da prova e alguém me falou “Ei, você é aqui!”, e, quando vi, lá estava eu no 1o pelotão da corrida. Pensei, “ah, devo ter colocado um pace legal na inscrição”, enfim, estas coisas não fazem muita diferença porque na largada é sempre a maior confusão, pensei: “não vai fazer diferença”.

Como já corro com frequência 8K e semana que vem tem a meia maratona, pensei “vou puxar no início e ver até onde aguento no gás”! E quando foi dada a largada resolvi colocar todo meu fôlego! Quando vi estava completando 2K com um pace de 4min 40′. Até que me dei conta que enxergava a primeiro lugar da prova…e na primeira curva me dei conta de que tinha MUITA GENTE atrás de mim! Eu mega me animei e pensei “vou puxar mais, qualquer coisa diminuo depois”! E assim a cada quilômetro fui forçando e quando passei de 6K vi que tinha feito em uns 30 minutos. Eu já havia batido um recorde pessoal!

O mais legal é ir competindo com si próprio e ir estabelecendo pequenas metas no percurso: “hummm, vou passar aquela pessoa lá na frente!”“hum, agora vou acelerar até o próximo posto de hidratação”, enfim, é bem legal porque aí fui celebrando “pequenas conquistas” no percurso e aquilo preencheu a mente de maneira positiva, evitando desanimar.

corrida-venus

Quando faltavam 2K o calor começou a castigar, afinal o Aterro do Flamengo não tem muita sombra. Pensei, “puxei muito, vou dar uma segurada pra chegar bem”…afinal, queria terminar bem e não queria chegar “morrendo”e passando mal. Então diminuí um pouquinho e somente nos 500m finais dei o sprint final! Tinha um grupo de percussão tocando dando aquela motivada final na galera, foi o máximo!

Enfim, cruzei a linha de chegada! Olhei meu relógio FIT BIT (que aliás, amo e me ajuda muito!) e tinha feito 10 K em menos de 52 minutos. Uau! Pensei, “foi bom”! E foi mesmo! Terminei tão feliz! Fui andando pra casa e comprei várias delícias no caminho e me presenteei com um delicioso café da manhã!

No dia seguinte veio a confirmação do meu feito: fiquei em décimo lugar geral, entre 1.231 participantes e em quinto lugar na minha categoria (30 a 39 anos, entre 500 participantes!)! Uau! Nunca imaginei pois, sinceramente, sei que estou com um condicionamento bacana mas meu treino está longe de ser direcionado pra corrida! Nem parte de equipe sou! Ou seja, fiquei muito feliz!

Essa experiência confirma que a dedicação vale a pena. A cada dia que passa me sinto mais feliz com meu condicionamento e com minha saúde. Acordar 5h da manhã não é mais um desafio mas sim um hábito! Comer coisinhas saudáveis não é mais um esforço mas um privilégio! Me sinto orgulhosa cada vez que percebo que meu corpo ultrapassou mais um limite e, a cada desafio superado, me surpreendo mais comigo mesma! E aos 35 aninhos, ou seja, já não sou mais nenhuma garotinha!

Agradeço o carinho do time de marketing da Tirolez que me deu o KIT! Valeu muito a pena! E aos meus amigos leitores espero que a minha experiência motive vocês também a buscarem superação em novas experiências! Valeu muito a pena! Lightitude mil!
Não desistam! Estamos juntos!

Beijos carinhosos,
Fabi

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *