Páginas
TwitterRssFacebook
Categorias

Postado por em set 2, 2015 em -, PRA SUAR | 0 comentários

Corrida na Areia Fofa!

Corrida na Areia Fofa!

Cabeçalho Flávia Nobre

Olá!
Depois de bons anos correndo, da primeira meia maratona do ano (que foi FANTÁSTICA para mim!)… fiquei meio entediada, sério… Quem nunca? Só de pensar na Lagoa ou no Aterro dava aquela “gastura”, nem parecia aquela Flavinha do post anterior (KKKKKKK)… Bom, mas vamos lá porque tem outra meia maratona se aproximando e, claro, calorias para gastar. Então, pensei: Que tal voltar a unir duas coisas que eu amo, a corrida e a praia?

 

Assim, fui fazer algo diferente, que há muito eu não fazia: Correr na areia fofa! Adorei e compartilho por aqui!

 

Treinos deste tipo são muito benéficos para os corredores! Mudando o terreno, muda também a dificuldade e, se trabalharmos direitinho, conseguiremos ter resultados ótimos, melhores até do que os do asfalto! Para terem uma idéia, gastamos 1,6 mais calorias do que num treino normal!

Corrida na praia

Fora que é muito bom poder sair do trabalho e ir para um lugar lindo, com o sol se pondo, aproveitar os últimos resquícios de um lindo dia de verão, mesmo estando no inverno! OK, você venceu, aqui no Rio São Pedro parece que esqueceu a estação que estamos, né?!
Nunca é tarde para um lembrete: Eu treino com uma assessoria de corrida. Não se deve praticar esporte ou qualquer atividade física sem uma supervisão profissional, não é mesmo? Não dá para colocar um tênis e sair correndo por aí, senão podemos ter sérios problemas… Vai por mim, pois mesmo malhando em academia, quando comecei a correr há alguns anos não tive orientação e arrumei um boooom problema no joelho.

 

Fiz meu treino em 1 hora e conseguir correr um pouco mais de 7K. Na areia fofa nossa velocidade é bem menor, afinal, estamos em um terreno super instável, o que exige muito mais do nosso corpo. E vale muito! Temos músculos bem pequeninos, que ficam “encrustrados” nos grandões e eles não são trabalhados com frequência, mas na areia fofa isso é possível!

 

E a minha pista foi a Praia de Copacabana! Aqui a areia é muito fofa mesmo, há trechos em que ficamos aterrados até os tornozelos, há outros em que temos uma subidinha de leve… Só tem que tomar cuidado com as partes que possuem alguma inclinação na horizontal, pois isto pode nos causar lesões nos tornozelos, joelhos ou ainda na coluna. E, claaaaro, também com os detritos da areia, né?! Dependendo da praia ela é bem movimentada e o povo, vejam bem, muitas vezes não é lá dos mais educados…

 

Essa “pista” é um barato! Todo mundo aproveita esse caminho! Ele é gerado pelos carrinhos da Comlurb que limpam a praia, que alisam um pouco. Só que não adianta nada, né?! Porque a parte da areia que é fofa é a MAIS fofa de todas!

 

Na volta eu dei um “migué”… Já estava cansada e com fome, então, fui para a beira da água que é mais durinho e dá para aumentar a velocidade.  #Fica a Dica: Cansou, ou está com calor, “desça” um pouco!

 

Muitas cidades praianas no Brasil são de areia durinha como a beira da água aqui no Rio. É um trabalho diferente, mais parecido mesmo com o asfalto. Aliás, eu mesma quando viajava a trabalho para Santos treinava na areia dura… Neste caso, temos que ir de tênis, pois o impacto é maior, bem perto de terrenos mais duros.

 

Quem tiver a possibilidade de fazer um treino em areia, fofa ou não, de vez em quando, faça! Não tem mistério, basta ter disposição! E não se esqueça de se hidratar e também de procurar antes uma ajuda de um professor de Educação Física para avaliar como está! Ah, sim, lembre-se do horário! No verão antes das 10 e após as 16. E, claro, do protetor solar!

 

Tenho mesmo que agradecer tanta coisa legal, morar num lugar como o Rio de Janeiro! Mesmo tendo todos esses problemas que temos, não há nada melhor do que aproveitar uma oportunidade destas, disponível todos os dias! Procure na sua cidade um lugar pra um treino diferente, que não seja numa pista convencional!

 

No dia seguinte, eu fiquei completamente dolorida, parece que por dentro sou uma pedra (risos)! Mas, valeu! Valeu Rio! Valeu Copacabana! Valeu perninhas!!

Pernas pra que te quero! Bons treinos e até a próxima!

Flavinha

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *