Páginas
TwitterRssFacebook
Categorias

Postado por em nov 14, 2014 em LIGHTITUDE | 0 comentários

Você gosta de “quinquilharia”?!!

Você gosta de “quinquilharia”?!!

Fala a verdade: quantas gavetas você tem na sua casa com coisas que nunca usa? Três? Duas? Com certeza, no mínimo UMA!!!

Estamos chegando ao final do ano e esta é uma excelente oportunidade pra se livrar de “quinquilharia”…falo isso porque no geral muitas vezes chamamos de “lembranças” coisas que ficam em caixas de sapato só ocupando espaço e cheias de traças!

Enfim, não estou falando para se livrar de relíquias de família, ou das cartas do ex-namorado (que aliás, talvez não seja má idéia jogar fora, risos), ou de coisas de muito valor sentimental. Mas sim daquelas que vão ficando lá, simplesmente porque você não tem mais coragem de jogar fora. E aí elas acabam ficando “escondidas” em algum cantinho da casa que, já que ninguém usa mesmo, fica reservado para este fim.

Outro dia me dei conta que estava fazendo isso quase com um cômodo inteiro. Sabe o tal do cantinho da bagunça? Basicamente o meu “escritório” estava virando acúmulo de papel. Parei pra pensar e tirei tudo de onde estava, joguei no chão e separei em três grupos:

=> Coisas pra JOGAR FORA
=> Coisas pra GUARDAR
=> Coisas pra DOAR

Esta técnica acima, de separar nestes 3 grupos, ajuda bastante, vale tentar!Em uma única hora joguei fora 2 sacos de papel que eu nem lembrava mais porque guardava.

Acho importante sim termos registros do passado, guardar coisas que façam nos lembrar de momentos bons, mas, se são coisas especiais, tem que estar organizadas. Simplesmente ter uma caixa e ir jogando tudo dentro e ocupando espaço, não é algo muito bom de se fazer, porque depois você acaba nem olhando aquilo e ainda perde um espaço dentro de casa.

Dependendo do nível do seu apego às coisas e dificuldade de se “livrar” do que não usa mais, talvez seja importante buscar ajuda de um especialista, como um terapeuta ou um psicólogo. Assisto um programa que se chama “Acumuladores”. Neste programa eles mostram o dia a dia de pessoas que praticamente não tem nem aonde dormir mais por causa do grande acúmulo de coisas ao longo da vida..são situações extremas em que praticamente a casa vira uma grande lixeira…na verdade, é bem triste mas acho que mostra bem como às vezes o ser humano acaba suprindo suas ausências, seus problemas ou traumas, com objetos sem valor.

Enfim, independente do grau da situação, seja leve ou extrema, fica a dica para virar o ano sem pendências do ano anterior. Comece por aquela gaveta pequena, depois pelo armário, depois vá pro “cantinho da bagunça” e, quando perceber, estará cheia de espaço para encher de objetos com novos significados!

Viva Light!

timthumb.php

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *