Páginas
TwitterRssFacebook
Categorias

Postado por em ago 14, 2014 em LIGHTITUDE | 0 comentários

“Bonita, eu? São seus olhos!” De 1900 até hoje

“Bonita, eu? São seus olhos!” De 1900 até hoje

No último post falamos um pouquinho da história dos padrões de beleza. Chegamos ao século 20, que vai das mulheres elegantes longelíneas até as saradas dos tempos de hoje.

1900: Se realiza a primeira competição oficial de fisiculturismo (em 1901) e foi lançada a primeira revista especializada no gênero, a Physical Culture.

1920-30: Época que surgiu a expressão sex-appeal, ou seja, da sensualidade além do físico mas na forma de olhar, andar e outros. A mulher começa a ingressar no mercado de trabalho e com isso usam um visual mais andrógino, com cabelos curtos e seios e quadris disfarçados em vestidos retos.

1940: com a morte prematura de Marilyn Monroe, ela se tornou o maior símbolo sexual de todos os tempos, acho que nem preciso explicar os padrões dessa época né?

image

1960: Valorização do perfil “mulher-violão”, cinturinha, seios e quadris fartos. Perfil valorizado pelo cinema com destaque pra mulheres como Brigitte Bardot. Mas ao mesmo tempo também tinha exaltação de modelos magricelas por revistas de modo.

11_1960

1970: Sexo, drogas e rock in roll! Ficou tudo misturado: homem de cabelo longo, roupas mais unissex. Enfim época de liberdade sexual em que os padrões quebravam todas as regras.

1980: Mundo fitness em destaque: no universo masculino se destaca Arnold Schwarzenegger como referência para gerações de amantes de musculação. No universo feminino, mulherada estimulada pelo visual “polainas” e os vídeos com aulas de ginástica para fazer em casa. Quem não lembra da mocinha de Flashdance?

image

1990: Período considerado como “A Era das Supermodelos”: Cindy Crawford, Naomi Campbell, Claudia Schiffer, Linda Evangelista e Kate Moss…precisa dizer mais alguma coisa? Altas e magras mas com leves curvas.

2010: Entrou em cena o padrão MMA (Mixed Martial Arts) de beleza. Abdômens marcados, músculos saltados, pernas grossas e definidas. Affe, exige muito esforço!

image

Seja qual for sua preferência, rechonchudas, violão, modelos ou músculos, o que importa é cuidar da saúde e estar se sentindo bonito consigo. Se a gente não se cuidar e gostar da gente, quem vai? Quanto aos padrões, crie o seu! O mundo tem mais de 6 bilhões de pessoas, muita gente e variedade pra se ter um único molde, fala sério!?!

Viva Light!

Fonte:http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/entenda-mudancas-padrao-beleza-ao-longo-historia-781162.shtml

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *