Páginas
TwitterRssFacebook
Categorias

Postado por em ago 8, 2014 em PRA SUAR | 0 comentários

Musculação: antes ou depois do aeróbio?

Musculação: antes ou depois do aeróbio?

Esta é uma dúvida muito comum entre os alunos de academias.

A resposta também não é tão clara e objetiva, isso porque depende do objetivo de cada aluno.

Sem dúvida nenhuma, as atividades aeróbias são excelentes para a saúde, sobretudo do sistema cardiovascular e consequentemente para o emagrecimento.

Da mesma maneira, a musculação também é uma das atividades que mais trazem benefícios para a saúde e, mais que isso, também é uma grande aliada na perda de gordura e emagrecimento.

Quer saber como aliar essas duas atividades a seu favor?!

Então preste atenção e descubra primeiro qual é o seu objetivo.

Alessandra Almeida-CREF 3417-G/RJ

Alessandra Almeida-CREF 3417-G/RJ

PROF. ALESSANDRA ALMEIDA

Buscando EMAGRECER:

Se o seu objetivo é EMAGRECER, o que mais interessa na verdade será seu gasto calórico total. Estudos apontam um melhor resultado para o aeróbio se este exercício for feito após a musculação. Isto porque a musculação esgotará os estoques de glicogênio muscular, fazendo com que o corpo seja obrigado a utilizar outra fonte de energia, ou seja, você começará a trabalhar diretamente com o estoque de gordura corporal disponível no seu corpo.

Alessandra Almeida-CREF 3417-G/RJ

Alessandra Almeida-CREF 3417-G/RJ

Buscando HIPERTROFIA:

Para os que priorizam a HIPERTROFIA, o mais importante é começar pela musculação, assim a musculatura não ficará pré-fadigada e todo glicogênio muscular estará disponível no organismo para que a execução do treino de musculação seja realizado na intensidade necessária para o ganho de massa muscular.

Outros estudos ainda recomendam não realizar nenhum exercício aeróbio.

Por fim, particularmente acho que nos dias atuais devemos nos preocupar muito mais com a saúde do que só com a estética, então para não atrapalhar os ganhos da musculação, a atividade aeróbia pode ser limitada a pelo menos 2 vezes na semana com duração de 20 minutos, o que já garante para saúde os benefícios cardiovasculares. Também é importante controlar a freqüência cardíaca em uma intensidade de baixa a moderada, assim você não provocará o catabolismo.

Alessandra Almeida-CREF 3417-G/RJ

Alessandra Almeida-CREF 3417-G/RJ

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *