Páginas
TwitterRssFacebook
Categorias

Postado por em ago 6, 2014 em LIGHTITUDE | 0 comentários

O mundo tem tantos sabores, pra que abrir mão?

O mundo tem tantos sabores, pra que abrir mão?

Cada vem mais constato que não tem muito jeito de emagrecer ou ter uma vida mais saudável sem abrir mão de certos “prazeres”. Um dos mais difíceis certamente é abril mão da comida. Abrir mão de comer é muito difícil! Pelo menos, pra mim, assumo que não é fácil. Mas será que realmente vale a pena deixar de experimentar?

Acredito que uma dieta mais equilibrada sem dúvida nenhuma não pode ser recheada de batata frita, pizza e todas as gordurices deliciosas do planeta. Mas é preciso saber equilibrar e o momento de se dar o direito a pequenas indulgências. De nada adianta por exemplo começar uma dieta em plenas férias quando você vai viajar pra um lugar super bacana. Fato: ao vivenciar a cultura do lugar, faz parte conhecer as suas delícias gastrônomicas.

Por isso fica aqui a dica: se você está de dieta, tente pegar mais leve com você em pelo menos um dia na semana. Neste dia pode ser aquele que você terá um jantar mais especial ou se dará o direito a um chocolate, ou sorvete, enfim, algum sabor que te deixe feliz! Tambem cuide do tamanho das poções: você não deixa de comer mas pelo menos fica mais atenta à quantidade.

Meu prato de escargot!

Meu prato de escargot!

Além disso cuidado com o clássico “eu não gosto disso” sem nunca ter provado. Se dê o direito de sentir novos sabores. Eu não tinha essa mentalidade, mas ano passado fiz uma viagem pra Paris e acabei me rendendo a experimentar o tão apavorante escargot. Não vou dizer que gostei da textura que senti em minha boca (apesar de que o gosto do tempero era bom!) mas aquela experiência abriu um pouco a minha cabeça quanto a experimentar…e de lá pra cá já experimentei bastante coisa que pra mim era diferente: coelho, patinha de sapo, carne de bizão, sushi de ova, enfim, sabores disponíveis no planeta mas que eu tinha restrição!

Foto da "patinha de sapo" que comi

Foto da “patinha de sapo” que comi

Principalmente legumes, verduras, é impressionante como hoje acho simplesmente delicioso um prato de brócolis a vapor com cenoura, hummmm, realmente acho bem gostoso. E assumo que no passado não era assim!

Comendo coelho!

Comendo coelho!

Portanto se permita! Tenha sua disciplina se estiver de dieta mas não deixe de viver e experimentar, SEM CULPA, alimentos novos! Vale a pena!

Viva Light!

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *