Páginas
TwitterRssFacebook
Categorias

Postado por em jun 29, 2014 em COMER LIGHT | 0 comentários

“Emagrecer é muito caro!” – Será mesmo? (Parte 1)

“Emagrecer é muito caro!” – Será mesmo? (Parte 1)

rutas-y-verduras_03

Eu e minha irmã estávamos na praia e resolvemos comprar uma bebida zero. O vendedor começou a conversar com a gente sobre preocupação com alimentação:
“Isso aí!!Cuidando do corpo…se preocupando em comprar bebida diet…”, disse o vendedor
“É claro, é importante, senão desanda né!?” , respondemos
“Pois é, minha cunhada morreu de obesidade, não conseguiu se tratar…infelizmente esse negócio de emagrecer é coisa de rico”, e após isso o vendedor foi embora.

Enfim, como ficamos sensibilizadas com a história mas também ele foi rápido e foi embora, não deu muito tempo pra falar nada mas ficamos com aquilo na cabeça…“pobre não tem dinheiro pra emagrecer”…E aí pensamos que uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Tem muita gente com condição social alta que não tem a menor preocupação com bem estar e saúde, e vice e versa. É preciso admitir que alimentos orgânicos e zero tendem a ser mais caros, mas isso não significa que não existam caminhos baratos pra emagrecer.

Em relação à alimentação, temos algumas dicas de opções baratas e saborosas:

=> Filé de frango: Excelente fonte de proteína, bem saudável e barato. Um bom filé de frango grelhado com um arroz integral ou até uma massa sem molho é um prato bem light, gostoso e bem assessível.

=> Brócolis: este é um vegetal extremamente baixo em calorias, com muita fibra, vitaminas e minerais. Uma xícara de brocólis tem menos de 40 calorias. Preparado no vapor fica uma delícia.

=> Alface e rúcula: alimentos super baratos e que você ainda pode comer uma tonelada que não vai engordar (risos, nem tanto, brincadeirinha!) Mas enfim, são liberados praticamente em qualquer dieta e dá um colorido bem bacana em qualquer refeição.

=> Cenoura: baixos níveis de gordura saturada e colesterol, além de ser uma boa fonte de vitaminas B6 A, C e K, ácido fólico, manganês e potássio.

=> Abobrinha: preço acessível (menos de R$ 2,00 o quilo) e com baixas calorias. Já experimentou comer abobrinha refogada com alho? Que delícia! Eu adoro!

=> Banana: uma das baratas da feira, esta fruta tem baixa caloria e dá uma boa sensação de saciedade. Pra malhar é ótima pois é excelente fonte de potássio.Suco de limão: O limão também é uma fruta bem barata que o seu suco tem baixa caloria. Ah, claro, sem açúcar né?

O Brasíl é um país com muitas riquezas e não precisamos importar alimentos essenciais. Café por exemplo é super caro em alguns países, e aqui é algo que consumimos com frequência. Abuse de frutas e verduras! Assim você não sentirá no bolso e ainda terá fortes aliados na sua busca por uma vida light.

Vale também escolher bem o supermercado. Eu por uma questão de comodidade, assumo que muitas vezes opto por comprar no lugar mais próximo de casa, mas quando eu me planejo sempre consigo economizar indo em um mercado mais em conta.

Pra escrever esse post, fiz uma boa pesquisa e acabei encontrando em um site os 12 alimentos mais caros do mundo. Dêem uma olhada nas fotinhas e me falem o que acham! Vocês comprariam se pudessem? Verdade ou não se são os mais caros mesmo, eu posso dizer o seguinte: pra nossa sorte, eles não são a solução para emagrecer com saúde!

Viva Light!

aLIMENTOS MAIS CAROS

Fonte Alimentos mais caros do mundo: http://www.mdig.com.br/?itemi

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *